Saturday, November 17, 2007

Ido fácil: Lição: Advérbios em IDO

Advérbio é a palavra que determina um estado ou modifica o sentido de outra palavra ou de outro advérbio.

Os advérbios em IDO são geralmente formados a partir da forma dos adjetivos em IDO. Na maioria dos casos basta substituir a terminação -a pela terminação -e.

Os advérbios em IDO podem ser: de afirmação, de negação, dúvida, tempo, lugar, quantidade e de modo ou maneira. Por sua vez se distribuem em: simples, derivados e compostos.

  • AFIRMAÇÃO = yes (sim): yes, me amas (sim, eu amo);
  • NEGAÇÃO = ne (não): me ne lektas (eu não leio).
  • DÚVIDA = forsan (talvez, quiçá): forsan pluvus (talvez chova).
  • INTERROGAÇÃO = ube (onde), pro quo (por quê), quon (que), kande (quando), etc. É muito usada a partícula -kad- que equivale a "por acaso", "porventura": ube esas la infanti? onde estão as crianças?), pro quo tu ridas? (por que tu ris?), quon li facas? (que fazem eles?), kande el venos? (quando ela virá?), kad la kolombi flugas? (as pombas voam?).
  • COMPARAÇÃO: Há de igualdade, desigualdade e superlativos:
    • IGUALDADE = tam kam (tanto como).
    • DESIGUALDADE = plu kam (mais que), min kam (menos que).
    • SUPERLATIVOS maxim (o mais); minim (o menos).
  • QUANTIDADE = plu (mais), min (menos), tre (muito), tro (demaiso).
  • TEMPO = nun (agora), quik (em seguida), balde (imediatamente).
  • LUGAR = hike (aqui), ibe (lá), avane (adiante, avante), dope (atrás).
  • MODO OU MANEIRA = anke (também), apene (apenas).

No comments: